Projeto Conjunto “Internacionalização das PME” desenvolvido pela AEPF

O Projeto Conjunto “Internacionalização das PME” desenvolvido pela AEPF tem como objetivo principal a capacitação empresarial das PME da região do Vale do Sousa para a Internacionalização. O projeto contempla ações de prospeção de mercado, promoção e marketing internacionais que contribuem para o aumento do reconhecimento internacional das marcas das empresas participantes, assim como da marca “Capital do Móvel” que representa toda uma região, fortemente dependente da indústria e comércio de mobiliário. Podemos agrupar as ações previstas essencialmente em dois grupos:

  1. Missões Empresariais (nos mercados e Inversas)
  2. Promoção da “Capital do Móvel” em Espanha (nas regiões da Galiza, Astúrias e Castela-Leão).

Contactos

Rua da Associação Empresarial, nº 167 4590-872 Carvalhosa – Paços de Ferreira

Paços de Ferreira | +351 255 862 114/6

Promoção da “Capital do Móvel” em Espanha:

 

– Semana Verde de Galicia – Silleda 2017 e 2018

– Feira do Moble da Galicia – A Estrada 2017 e 2018

– Feira de Autonomos da Corunha 2017 e 2018

– Feira de Lugo  2018

 

A realização de feiras do setor tem como objetivo apresentar as empresas nacionais, suas marcas e coleções de produtos com vista a promover o portefólio aos potenciais clientes. A participação neste tipo de eventos é reconhecidamente um meio excelente de promoção externa das novas coleções e marcas próprias, e de contacto com a procura internacional uma vez que se verifica uma elevada concentração do público-alvo internacional e consequentemente o contacto direto com potenciais clientes (com feedback imediato).

A realização de Feiras do setor de mobiliário e decoração, é um excelente meio de promoção internacional dos produtos e das marcas uma vez que a comunidade de arquitetura e design (Arquitetos, decoradores, designers, revendedores, fabricantes, compradores) realizam visitas. Estar presente nos principais palcos do setor é um meio de promoção internacional.

Da mesma forma, verifica-se uma elevada concentração de concorrentes diretos e indiretos, o que permitirá à entidade uma melhor perceção da mesma, assim como das necessidades, gostos e preferências dos respetivos mercados, uma vez que se verifica a concentração de potenciais clientes de todo o mundo. Possibilita a promoção e divulgação diretamente à procura, o alargamento de contactos comerciais e a concretização de negócios no local.

A participação coletiva em Feiras por parte das empresas da região do Vale do Sousa possibilitam, de uma forma menos onerosa, demonstrar toda a qualidade, design e competitividade dos seus produtos e reais capacidades.

A promoção das empresas da região do Vale do Sousa será um importante fator de dinamização de toda a atividade empresarial, assumindo uma importância estratégica crítica para toda a região.

Espanha, país com cerca de 46 milhões de habitantes, tem um peso muito significativo no setor de mobiliário em Portugal sendo o segundo maior importador, a seguir da França. Atualmente, 10% das importações de mobiliário efetuadas por consumidores espanhóis, são fornecidas por empresas portuguesas, em particular da Capital do Móvel. Neste momento, Portugal é o 3º maior fornecedor de mobiliário para Espanha, ficando apenas atrás da Itália (12%) e China (29%). Existe a expectativa de continuar a conquistar quota de mercado em Espanha, uma vez que o mobiliário português é progressivamente mais competitivo face ao mobiliário Italiano, apresentando produtos de elevada qualidade a preços mais competitivos. Para isso, é imprescindível promover a marca “Capital do Móvel” representativa do mobiliário “Made In Portugal”, uma vez que o mobiliário Italiano usufrui de um estatuto muito elevado em todo o Mundo.

Importa ainda destacar que, ao promover o setor do mobiliário, estamos a dinamizar toda uma região, que direta ou indiretamente, depende muito deste setor.

A proximidade geográfica e cultural que existe entre a Galiza e o Norte de Portugal, permite uma presença muito forte do setor na região. As visitas à Capital do Móvel por parte de habitantes na Galiza são cada vez mais frequentes.

Paços de Ferreira é um dos 18 municípios do distrito do Porto e conhecido como a Capital do Móvel, está localizado na região do Vale do Sousa (Norte de Portugal). O concelho, situado numa zona contígua à Área Metropolitana do Porto, aproximou-se ainda mais da cidade do Porto, pela redução do tempo de viagem, com a abertura da A42, sendo possível a ligação de Paços de Ferreira à cidade do Porto em pouco mais de 15 minutos. Assim, efetuar o trajeto de Vigo para Paços de Ferreira em aproximadamente 1h30m de viagem passa a ser uma realidade, sendo todo o trajeto efetuado por autoestradas e vias rápidas.

Estimativas recentes evidenciam que as mais de mil lojas ligadas ao comércio de mobiliário rondam um milhão de m2 de área de exposição, sendo este aglomerado de exposições de mobiliário a maior concentração de comércio de mobiliário da Europa. Está também instalado um dos maiores centros comerciais de móveis do mundo, com cerca de 33 mil m2, distribuídos por 115 lojas onde se podem encontrar os mais variados estilos de mobiliário em madeira

You don't have permission to register